Peeling de fenol

O peeling de fenol é o mais profundo de todos os peelings.

Ele consegue chegar até as camada mais profundas da pele, promovendo o mais forte estímulo para a produção do colágeno, entre todos os peelings existentes, sendo que os outros tipos de peelings só conseguem resultados mais superficiais e menos expressivos. Por isso os resultados apresentados pelo peeling de fenol são a maior promessa e o maior motivo pelo qual o procedimento ficou tão conhecido.

Mesmo sem necessidade de intervenção cirúrgica, o peeling de fenol é capaz de rejuvenescer a pele em mais ou menos 20 anos, recuperando a cor, os contornos, tônus e a luminosidade da pele, mas com a grande vantagem de promover este rejuvenescimento facial de uma forma totalmente natural em relação a muitos tratamentos estéticos, pois mantém os traços da fisionomia inalterados.

São indicados para fazer o peeling de fenol pessoas que precisam de um rejuvenescimento intenso da pele, pessoas com a pele muito envelhecida pelo sol, pessoas com cicatrizes de acne. O dermatologista bem treinado nesta técnica, é quem dará a palavra final com relação a indicação ou não do peeling de fenol.

Hoje usamos a técnica do peeling de fenol modificado que proporciona  uma recuperação imensamente mais tranquila e rápida que o peeling de fenol tradicional, mas mantendo a mesma intensidade de resultados. Por isso, o paciente pode voltar as atividades normais muito rapidamente, geralmente 10 dias após a realização do peeling, desde que ele seja cuidadoso em se proteger contra a exposição solar.

A principal vantagem do peeling de fenol é o resultado surpreendente que ele é capaz de alcançar, rejuvenescendo o rosto em aproximadamente 20 anos, recuperando características que haviam ficado para trás, mas sem alterar os traços da fisionomia. E, além disso, hoje com a técnica do peeling de fenol modificado, proporciona este resultado, porém, com um pós operatório rápido e com poucos incômodos.